A Morte do Social Media: traduza comportamentos, analise os dados
A Morte do Social Media: traduza comportamentos, analise os dados

A Morte do Social Media: traduza comportamentos, analise os dados

Gráfico bonito não paga conta. Já disse isso por aqui em uma das edições. Se você me pedisse uma opinião sobre o que será um grande diferencial para o...

Todos nós somos Micro Influenciadores Digitais
A Morte do Social Media: Networking não é consultoria
Por que as pessoas param de seguir a sua marca no Social?

Gráfico bonito não paga conta. Já disse isso por aqui em uma das edições.

Se você me pedisse uma opinião sobre o que será um grande diferencial para o profissional de mídias sociais daqui pra frente, eu diria, sem sombra de dúvidas: a capacidade de interpretação de dados.

E é isso que vou falar no episódio de hoje. Assista.

O bom profissional precisa ser um bom intérprete de dados

Não, isso, definitivamente, não é nenhuma novidade. Um bom profissional de mídias sociais precisa e sempre precisou ser também um bom intérprete de dados.

Agora, você deve estar se perguntar, “se não é novidade, por que levantar essa bandeira como se fosse algo novo?”

Simples, jovem padawan. Antes, a situação era bem mais complexa e as ferramentas eram bem mais escassas – para não dizer inacessíveis – para quem trabalhava com comunicação nas mídias sociais.

No entanto, o cenário mudou: temos muitos dados e poucos intérpretes

Estamos vivendo uma era em que os próprios players do mercado, os maiores players do mercado de mídias sociais, estão disponibilizando os dados para nós em poucos cliques.

Estamos vivendo, felizmente, em uma época em que podemos nos dar o luxo de escolher entre várias ferramentas de BI, todas com excelentes níveis de coleta de dados e, melhor ainda, muitos com preços acessíveis.

Só quem viveu e trabalhou com mídias sociais na época do Orkut, sabe as gambiarras marotas que precisávamos fazer para reportar qualquer ação no ambiente digital e provar a performance, palavras que na época nem era tão em voga quanto atualmente.

Por isso eu peço que você que está lendo este texto, agradeça o fato de termos tantas ferramentas boas em mãos e, de contrapartida ao isso, comece a se preocupar, pois dados e gráficos bonitos estarão disponíveis também para aquele seu cliente curioso.

Interprete comportamentos, analise os dados

O que vai fazer o bom profissional de mídias sociais se diferenciar do “profissional amador” não é mais a quantidade de dados reportados e nem muito menos apenas os números: o que vai diferenciar o bom profissional e tirar ele do cemitérios de profissionais de Social Media será a capacidade na interpretação objetiva dos dados coletados, e o quão pertinente estes dados estão alinhados com as suas estratégias.

Menos pode ser muito mais, quando você é um bom planejador de estratégias para mídias sociais e consegue traduzir os números em comportamentos, pois é disso que sempre estaremos falando: comportamento.

Obrigado pela sua atenção e até o próximo episódio.

COMENTÁRIOS