Quando o marketing de conteúdo não é a resposta

Quando o marketing de conteúdo não é a resposta

Entre as muitas razões pelas quais você deve escolher o Marketing de Conteúdo, criar campanhas de geração de leads, melhorar o SEO, construção de uma

O blog de ​​seus concorrentes gera clientes: o que você espera?
Social media optimization: ferramenta para empreendedores
Mobile marketing: as tendências que estão dominando 2016

Entre as muitas razões pelas quais você deve escolher o Marketing de Conteúdo, criar campanhas de geração de leads, melhorar o SEO, construção de uma marca credível, estratégias para levar ao carrinho.

Em alguns casos, o Marketing de Conteúdo pode não ser a resposta certa para uma marca e uma campanha mal gerida iria acabar prejudicando ao invés de trazer benefícios.

O marketing de conteúdo pode, ao mesmo tempo, e em igual medida, oferecer uma perspectiva interessante sobre produtos e serviços, “dependendo de como o país é governado”.

Aqui está uma lista de casos em que é melhor desistir do marketing de conteúdo:

1 – Quando não é claro para quem pretende abordar

O conteúdo será uma coleção de palavras, imagens, vídeo ou mídia até que você esteja certo de que você encontrou o cliente ideal.

O primeiro passo é identificar as personas. Se tiver dificuldades em definir sua persona, então o problema é maior do que o que pode ser abordado através de marketing de conteúdo e pode ser um fracasso apenas se concentrar o conteúdo projetado para produzir clientes “ideal”.

2 –  Quando o leitor pode dizer “E daí?”

O indicador mais forte do fracasso de seu site é que seu cliente potencial, depois de ler o seu conteúdo, se perguntar:

  • O que me ajudou este conteúdo?
  • Que valor tem me dado?

Não é possível encontrar respostas adequadas. Seu público é constantemente interrompido por mensagens de marketing, informação e outras distrações. Seu conteúdo quer dar um valor acrescentado para a pesquisa de cliente, ou ele vai deixar uma ‘boca seca’.

Seu jogador não procura outro item para acrescentar à lista interminável de conteúdos disponíveis na web, mas um conteúdo que daria respostas às suas perguntas. 

Se você não pode se concentrar nisso, você já perdeu o jogo em comparação com os milhares de conteúdos na rede e corre o risco de que o leitor pergunte: “E daí?” E, acima de tudo, passar por cima.

3 – Quando o conteúdo é transmitido como um anúncio

É um erro fácil de fazer, especialmente quando você está sob pressão e a criação de conteúdo com o objetivo de converter imediatamente com uma venda. O risco é perder a confiança do cliente potencial, pois tal percebeu negativamente sua marca e fez o visitante perder tempo valioso. 

Isso não significa que o Marketing de Conteúdo não deve ter uma meta de vendas, de fato. Mas você terá que começar por seguir os passos específicos, permitindo que o cliente potencial passe por um muito específico; conhecimento da personalidade da sua marca, medindo as informações que você soltar, ideias e conteúdos oferecidos, tudo isso para ganhar a confiança dos clientes em potencial em termos de valor dos produtos que você oferece.

4 – Quando você não identifica claramente o apelo à ação

Não obstante que o objetivo é fornecer conteúdo de qualidade, útil para o seu cliente potencial, você deve ter claramente delineada a próxima etapa.

Isto significa ter um claro apelo à ação que você está querendo configurar; você vai querer encaminhá-los para uma página de destino de informações com detalhess? Peça para deixar os dados em um boletim informativo? Sem clareza sobre as ações a serem tomadas e os objetivos a atingir, o seu conteúdo vai ser um fim em si mesmos. E conseguirá apenas deixar o potencial cliente desorientado. Você não quer isso, não é?

5 – Quando existe um sistema de monitoramento das ações e resultados de medição

Mas quando você vai fazer se você não tem controle?!

Não é preciso definir uma campanha de marketing de conteúdo se você não for capaz de rastrear, monitorar e medir os resultados de suas campanhas. O marketing de conteúdo não é um fim em si mesmo. Para ser eficaz, deve ser adicionado a uma visão compartilhada por todos áreas de negócio e ter um constante monitoramento das ações tomadas por seus clientes potenciais.

Um ciclo claro de passos que começa a partir do conteúdo, para seguir em frente as atividades atribuídas aos recursos até que feche e fidelização de clientes.

Você concorda?

6 – Quando a equipe de vendas não é formada na etapa de comercialização de conteúdo no processo de vendas

Inútil fingir que é capaz de definir uma estratégia de marketing de conteúdo envolvendo apenas parte da exploração. Se esta é a sua intenção, pare e pense. Se você sente que é hora de abordar o marketing de conteúdo você deve estar ciente de que esta é uma escolha que precisa ser envolvida em toda a sua empresa. 

E vendedores, em particular, devem ficar cientes que o marketing de conteúdo é quebrar a lógica tradicional da venda; o potencial cliente virá para o vendedor no fim de um ciclo e irá esperar uma abordagem consistente com o seu caminho. 

Se um cliente potencial chegou no fechamento, depois de desfrutar de seu conteúdo, ele decidiu executar a ação solicitada com a chamada à ação, deram confiança ao aceitar / solicitando um contato de negócios, provavelmente, ele veio para o momento da decisão, espera que o vendedor vá até todo o processo, não um lobo faminto esperando para saltar na garganta da presa. Transparência, confiabilidade, clareza, a disponibilidade também, e especialmente, no pós-venda: Estas são as qualidades características dos fornecedores envolvidos estratégias de marketing de conteúdo.

Tudo isso soa familiar?

Se ao ler este post você tenha identificado um ou mais destas situações, bem, não desista.

Qual é o caminho para mudar de direção?

Ler, investigar, compreender a importância do marketing de conteúdo e seu verdadeiro valor acrescentado para a sua empresa. Analisar sua realidade, identificando os pontos fortes e fracos, esclarecer, antes de tudo internamente quem você é, o que você faz, como você faz isso e por que você deve se comunicar. Seja objetivo e pragmático.

Finalmente, o meu conselho é contar com um profissional. Porque o treinamento e compreensão da lógica e conceitos é essencial para falar a mesma língua e avaliar o compromisso de dedicar. Em suma, olhar para alguém para ajudá-lo a medir os melhores ingredientes.

COMMENTS

WORDPRESS: 6
  • comment-avatar

    Novo => Quando o marketing de conteúdo não é a resposta http://t.co/ajSvRF4208

  • comment-avatar

    Novo => Quando o marketing de conteúdo não é a resposta http://t.co/G0r57AGViR

  • comment-avatar

    Quando o marketing de conteúdo não é a resposta – Entre as muitas razões pelas quais você deve escolher o Marketin… http://t.co/6UGVSGqtlB

  • comment-avatar

    Quando o marketing de conteúdo não é a resposta http://t.co/LQSSiC4p5a, see more http://t.co/turwItOwoP

  • comment-avatar

    Quando o marketing de conteúdo não é a resposta http://t.co/yhVYKmvRjP

  • comment-avatar

    RT @ideiademkt: Quando o marketing de conteúdo não é a resposta http://t.co/yhVYKmvRjP

  • DISQUS: