Empreendedorismo: o risco pelo risco é estupidez
Empreendedorismo: o risco pelo risco é estupidez

Empreendedorismo: o risco pelo risco é estupidez

Será que você precisa mesmo empreender?

Uma reflexão um pouco mais pontual e com o pé no chão sobre alguns clichês praticados no mundo dos negócios.

Os desafios da produção de conteúdo em vídeo – Ep.08: criando padrões | JobCast 77
Os desafios da produção de conteúdo em vídeo – Ep.05: organização | JobCast 74
Influência Digital não é serviço, é estratégia

Empreender no Brasil é hardcore


Ao contrário do que a nossa sociedade propaga, reafirmo a minha opinião de não achar nada de glamoroso empreender.

A fantasia em torno de abrir uma empresa, menosprezando quem veste a camisa da empresa que trabalha é um dos fatores de existirem tantas pessoas insatisfeitas com o trabalho.

Compra-se um discurso invisível negativo sobre “ser funcionário”

É óbvio que existem empresas e gestores que não merecem estar a frente da gestão de pessoas.

No entanto, crescer dentro de uma empresa em que você se sente bem, crescer dentro de uma empresa ao qual você compartilha dos valores é tão significativo quanto empreender

Há pouco mais de 6 anos, se não me falha a memória, comecei a caminhar com as próprias pernas, com uma agência que começou no quarto do meu apartamento. Meu antigo sócio concordou em iniciarmos ali e com isso me ajudava a pagar o aluguel.

Empreender no Brasil é hardcore, não tenha duvidas. Suas energias serão sugadas de todos os cantos possíveis. Burocraticamente e psicologicamente.

Caso você tenha vontade de empreender em um negócio próprio, eu recomendo que pare de ler sobre empreendedorismo na internet, aqui é tudo uma fantasia sem fim.

Empreender pode não ser a melhor saída no seu contexto.
O risco pelo risco é estupidez.

COMENTÁRIOS