Como criar um plano de marketing de micro conteúdo?

Como criar um plano de marketing de micro conteúdo?

Quando alguém fala sobre "marketing de conteúdo" realmente estamos falando de “engenharia de conteúdo" - documentos cientificamente otimizados, tais c

Anatomia de um conteúdo de qualidade
5 métricas para melhorar o desempenho do seu e-mail marketing
Como se tornar um grande empreendedor em 2016

Quando alguém fala sobre “marketing de conteúdo” realmente estamos falando de “engenharia de conteúdo” – documentos cientificamente otimizados, tais como blogs, estudos de caso e notas técnicas para criar os resultados de pesquisas e oportunidades de vendas. Isto pode ser extremamente difícil, proposição demorada e cara. Então, comecei a pensar sobre isso no contexto dos meus amigos e clientes de pequenas empresas que não podem pagar esse tipo de esforço. Isto levou à ideia: micro marketing de conteúdo ou quando eles têm tempo para produzir conteúdo.

Os micro conteúdos são estruturas constituídas por partes, ou segmentações subdivisões de determinados conteúdos, que se concentram em um aspecto conceito, ideia e são geralmente associados com um endereço web ou URL específica.

microconteudo

Emergiu com a ascensão da blogosfera e, é, por exemplo, uma frase de um artigo, uma mensagem curta, um comentário, um resumo de um longo artigo, uma revisão, objetos multimídia, uma imagem ou áudio que são combinados e são reutilizados de várias maneiras, produzindo assim o micro conteúdo. 

Vamos examinar as ideias de micro conteúdo que, mesmo sem tempo a empresa consegue produzir em pelo menos 15 minutos por dia e assim não fica inativa.

1 – Preparação

Como qualquer iniciativa de marketing, você deve ter uma ideia clara da sua estratégia de varejo, e público-alvo. Tire um tempo para pensar em um conjunto de palavras-chave que representam o seu negócio e as necessidades do seu cliente. Você vai precisar para tecer essas palavras-chave em seu micro conteúdo.

2 – Grupos do LinkedIn 

Se você é como a maioria das pessoas, tem um perfil no LinkedIn e não faz muita coisa com ele. Esta plataforma é uma mina de ouro de oportunidades para criar micro conteúdo.

Há cerca de 600.000 grupos no LinkedIn, que cobrem todos os interesses comerciais que se possa imaginar. Lá você com certeza irá encontrar uma gama de pessoas que possam estar interessadas em você ou em seu negócio. Se você estiver em um campo altamente especializado, considere começar seu grupo de interesse especial. Certifique-se de usar palavras-chave relevantes no título do grupo para que as pessoas possam encontrá-lo.

Procure alguma Q&A em grupos relevantes e participe. Basta responder as perguntas, fornecendo conteúdo significativo que possa chamar a atenção para você e seu site. Pessoalmente, eu fiz algumas grandes conexões e adquiri meus únicos dois clientes rentáveis, respondendo a perguntas em grupos do Linkedin.

Verifique se o seu perfil do LinkedIn é apropriado e útil, as pessoas podem aprender sobre você. No “especialidade” de seu perfil deve colocar sua lista de palavras-chave.

3 – Twitter

Este é o último lugar para fazer ligações através de micro conteúdo. Neste post à parte, eu forneço algumas ideias úteis na construção de um público-alvo através do Twitter. Não faz sentido trabalhar micro conteúdo no Twitter se você não ouvir ninguém (Seguir). Aqui está uma sugestão de micro conteúdo, se você está começando um Tweet.

1) Crie o hábito de compartilhamento – Quando você lê algo que lhe interessa, compartilhe-o no Twitter. É preciso mais do que um momento.

2) Aproveite sua rede – Se você está rodeado de pessoas interessantes, é porque você está fornecendo conteúdo de qualidade. Quando você encontrar algo grande, retweet. Você não tem que construir tudo sozinho.

3) Tente seguir a “regra de 3 x 3 x 3″ – Se você é novo e está tentando descobrir o que fazer, Tweet três vezes por dia, em três diferentes momentos do dia, em três temas diferentes.

Lembre-se que o micro conteúdo é baseado em grandes conteúdos – levam as pessoas à ação em seu site. Claro, você precisa incluir o seu site em seu perfil e usar as palavras-chave em sua biografia.
[wp_campaign_1]

4 – Comentários

Ao comentar publicações em blogs relevantes, vídeos e páginas do Facebook e Google plus, você está criando uma maneira rápida e fácil de entregar micro conteúdo. Aqui estão alguns exemplos:

  • Exposição do seu nome – Nada mais importante do que se mostrar na internet. Criando comentários você espalha o seu nome por diversos sites. Encare o seu nome como uma marca.
  • Exponha suas ideias – Além de ter o seu nome em um site, o conteúdo do seu comentário influi e muito como você cresce na web.

Eu acho que os comentários poderiam levar a consequências ainda mais quando “micro”. As pessoas vão ler algumas frases, mas provavelmente escanear alguns parágrafos.

5 – Micro conteúdo repropositivo

Os benefícios são grandes para blogs, mas isto é geralmente o lugar onde os comerciantes enfrentam tempos de fome. Reutilize o próprio conteúdo do blog para gerar micro conteúdos, mesmo que uma vez por mês.

  • Copiei e cole respostas que você já fez em algum grupo do Linkedin ou Q&A em publicações no Twitter como novas mensagens e únicas. 
  • Compartilhar um artigo importante, vídeo ou blog apenas fazendo um comentário sobre o mesmo.

Em breve …

Estas são apenas algumas das maneiras que você pode realmente ir à rede social com uma “pitada” de conteúdo, em vez de uma inundação. Obviamente, existem centenas de outras ideias que eu tenho certeza que você pode compartilhar. Mas este é, pelo menos, um princípio que uma pequena empresa pode trabalhar durante 15 minutos por dia.

 

COMMENTS

WORDPRESS: 0
DISQUS: