Como se comportar no estágio?  JobCast 31

Como se comportar no estágio? JobCast 31

Me sugeriram produzir algum conteúdo dando dicas de como se comportar no primeiro estágio. Ou simplesmente como se comportar como estagiário. Mesm

A Cultura do Estupro e a responsabilidade do mercado de redes sociais
WhatsApp como ferramenta de atendimento: você concorda?
Dica de leitura: FOCO – Daniel Goleman – JobCast 12

Me sugeriram produzir algum conteúdo dando dicas de como se comportar no primeiro estágio. Ou simplesmente como se comportar como estagiário.

Mesmo que pareça um tema simples de ser abordado, não é. Não mesmo.

É um tema bastante delicado e que acaba saindo um pouco das minhas competências. Tudo bem que eu dou meus pitacos sobre comportamento no ambiente corporativo por aqui, mas seria um pouco de irresponsabilidade minha, listar dicas mais “avançadas” sobre o assunto.

No entanto, resolvi assim mesmo, devido a relevância do assunto, expor um pouco da minha opinião, baseado na minha experiência.

Eu sempre tive pra mim que passar por muitas empresas em um curto espaço de tempo, não é necessariamente é a melhor forma de se acumular experiência no cargo proposto.

Na minha opinião, estagiar em várias empresas e ficar pouco tempo nelas, com a ânsia de acumular um novo tópico no seu Linkedin, é a melhor maneira de não usufruir do melhor que o estágio tem para nos proporcionar; a sua real maturidade e evolução como profissional em determinada área.  

Pouco tempo em muitos estágios só vai fazer que você tenha acesso a muitas formas de se trabalhar e o aprendizado fica picado. Não sai do modo easy pro hard. É tipo criar vários personagens em um jogo de RPG; você vai ter vários personagens com pouco level e experiências medianas. Sempre vai precisar procurar algum expert quando for preciso resolver alguma questão avançada.

Claro, como eu disse no vídeo, esta é uma visão extremamente particular.

Dos poucos estágios que eu fiz, um deles foi o responsável por me lapidar como profissional e me colocar de fato no mercado local. Passei pouco mais de 3 anos, fui contratado e até hoje tenho o maior carinho pela turma da agência. E o único comportamento em comum de todos os estágios foi apenas um: eu nunca me comportei como estagiário.

Assista o vídeo, você vai entender melhor sobre o meu ponto de visto e porque eu eu disse que você não deve ser estagiário. Ah, e claro, compartilhe o seu ponto de vista, ele pode ser útil para complementar o meu.!  😉

COMMENTS

WORDPRESS: 0
DISQUS: