Como criar um blog profissional pode te ajudar na carreira [Parte 2]

Como criar um blog profissional pode te ajudar na carreira [Parte 2]

Dando sequência nas dicas de “ Como criar um blog profissional pode te ajudar na carreira ”, a segunda parte fica por conta de explorar um lado mais c

Planejamento de Conteúdo para Facebook: o que realmente importa?
Social Media: a culpa não foi do ORKUT
Marketing Digital: centralização de conteúdo nas mídias sociais

Dando sequência nas dicas de “ Como criar um blog profissional pode te ajudar na carreira ”, a segunda parte fica por conta de explorar um lado mais comportamental da situação, abordando desde a importância de você criar artigos de opinião, respeitando pontos de vista diferentes, até a análise das métricas básicas que você pode mensurar para melhorar cada vez mais.

Crie conteúdos expondo sua opinião no seu blog profissional

como-criar-um-blog-profissional

Crie conteúdos de opinião própria sobre os assuntos da sua área de atuação. Mas, muito cuidado com os artigos de opinião, pois eles sempre devem ter embasamento teórico claro e verdadeiro. Se concorda, explique o porque. Se discorda, idem. Entenda que as pessoas tem todo direito de não concordar com seu ponto de vista, e você, idem. Mas vamos ser amigos. Vamos gerar discussão produtiva sobre o tema que gerou pontos de vista diferentes.

Na minha humilde opinião, os artigos em que você expõe o seu ponto de vista profissional são os mais interessantes. São, geralmente, os artigos mais propícios a gerarem uma boa discussão, principalmente quando a opinião é contrária a sua.

Respeite pontos de vista diferentes

Opiniões diferentes só têm a somar nos seus estudos profissionais e no que você vai publicar no seu blog profissional. Se você não concorda com a opinião como-criar-um-blog-profissional-2

 alheia, respeite.

Pontos de vista diferentes são sempre uma ótima oportunidade para inciar um diálogo enriquecedor para ambas as partes. Seja educado e saiba se relacionar com sua rede de contatos* profissionais.

*Não perca tempo com gente que você sabe que não está ali para acrescentar.

Divulgue o seu blog profissional

como-criar-um-blog-profissional-3

Divulgue o seu conteúdo, colha feedbacks e, ao longo do tempo, releia seus textos antigos, pois só não muda de opinião, quem nunca teve uma.

É comum você se deparar com textos que você mesmo escreveu e discordar da própria opinião. Além, é claro, de ser um exercício diário e tanto para que você escreva cada dia melhor.

Analise a performance do seu conteúdo

E, por fim, uma dica bastante importante mas que também não é, necessariamente, uma obrigação de quem produz conteúdo:  analisar a performance dos textos produzidos.

Você não precisa ser nenhum expert em Analycts, se você já entende um pouquinho de métricas, basta linkar o seu blog no Google Analycts e acompanharcomo-criar-um-blog-profissional as métricas básicas disponíveis, como número de acessos, tempo que seus visitantes estão permanecendo no seu site, novas visitas, visitantes que retornam e por aí vai.

O que você precisa entender é que as métricas vão se “moldando” de acordo com o seu objetivo ao logo do tempo.

É normal que você comece um blog e, com o passar do tempo, desenvolva o interesse em  em entender mais sobre sua audiência, onde melhorar e, por que não, em formas de monetizar o seu conteúdo.

Mas vamos deixar para falar de dinheiro em um próximo post. Por enquanto a ideia aqui é mostrar como um blog profissional pode te ajudar na vida profissional.

Voltando às métricas básicas, de todas elas, uma das métricas que eu julgo mais importante de se analisar em um blog profissional com textos mais elaborados e extensos, é o tempo em que a pessoa passa no seu site. Ela vai mostrar se a pessoa realmente está “consumindo” o conteúdo.

Através da taxa de rejeição (bouce rate), por exemplo, você mensura isso facilmente. Afinal de contas, se você está escrevendo algo e opinando sobre determinado tema, seria interessante ter uma audiência para que o seu tempo não seja em vão e a sua opinião possa ajudar e inspirar outros profissionais da mesma área. 

Espero que tenha ajudado e fique a vontade para  discordar ou complementar com a sua opinião.


Até o próximo post. 😉

COMMENTS

WORDPRESS: 5
  • comment-avatar

    Ótimo postagem, parabéns!

  • DISQUS: