[Como] os blogs influenciam o consumidor

[Como] os blogs influenciam o consumidor

Os blogs ganham cada vez mais importância, sendo hoje uma das mais importantes fontes de informações sobre produtos e serviços. E o melhor, são feitos

[Resenha] A Vaca Roxa
Empreendedorismo: adiar pode ser uma sábia decisão
O futuro do marketing de conteúdo é radiante

Os blogs ganham cada vez mais importância, sendo hoje uma das mais importantes fontes de informações sobre produtos e serviços. E o melhor, são feitos por consumidores para consumidores, ganhando com isso mais relevância que qualquer site corporativo.

Quer saber como ser capaz de influenciar os potenciais clientes e clientes?

De acordo com o Relatório 2013 Digital Influence da Technorati (tomada por Patricia Redsicker em um artigo intitulado Blogs Outrank Social Networks for Consumer Influence: New Research e traduzido por mim neste post), “os consumidores estão se voltando para blogs quando tentam fazer uma compra”.

Aqui estão os seis pontos mais interessantes do relatório:

1. Blogs influenciam as decisões de compras dos consumidores

O estudo descobriu que os blogs são o terceiro maior influente do mundo digital (31,1%), quando se trata de fazer compras, por trás do site de varejo (56%) e sites de marca(34%).

De acordo com os consumidores entrevistados, os blogs têm maior influência do que o Twitter para desenvolver os seus próprios pontos de vista e mais do que o Facebook quando se trata de razões para uma decisão de compra.

Inflenciablogs

Porque o blog é tão influente? Porque os blogueiros tendem a ser basicamente honestos e sinceros quando falam sobre um produto ou um serviço. Eles falam sobre os aspectos positivos como os negativos, e assim se tornam uma fonte de informação que pode ser confiável. As ações de orientação de confiança e, portanto, os consumidores olham para o blogueiro antes de comprar.

Você pode ter ouvido recentemente que Robert Scoble (blogueiro muito influente em tecnologia) anunciou que mudou para o Android, porque em sua opinião “a Apple caiu”. Scoble tem uma influência considerável na indústria, por isso vai ser interessante ver como os consumidores (especialmente os tecnológicos) vão responder a sua jogada.

2. Os consumidores dizem que as comunidades menores são mais influentes

Mais da metade dos entrevistados concordaram que a comunidade menor tem uma maior influência sobre um determinado assunto do que as maiores.

O valor real de uma comunidade on-line são as ideias, discutir, compartilhar informações e aprender uns com os outros. Raramente, o valor está relacionado com o tamanho da comunidade.

Community

Se os consumidores têm entendido, o mesmo não pode ser dito da marca, com foco na comunidade enorme (por vezes em detrimento da experiência do usuário).

Os comerciantes são orientados para o Blogstar para tentar apoiar a marca, esperando que essa estratégia vá ajudar a mensagem a ser viral, e propagação no interior da comunidade.

O problema é que esta técnica não conduz sempre a resultados desejados. Isso porque, se é verdade que a confiança leva à ação, não é verdade que a popularidade se traduz automaticamente em confiança. Pode ser mais eficaz apontar para um blogueiro menos popular, pois ele ganhou na influência, confiança em sua pequena comunidade.

3. Marcas confiam no Facebook para influenciar consumidores

Embora as marcas digam que só gastam 10% do seu orçamento em mídia sociais, o Facebook aparece como a plataforma preferida, com 57% dos votos.

Facebook é o lugar onde as pessoas de todo o mundo se reúnem, e os comerciantes sabem da importância de ter uma presença bem sucedida dentro desta plataforma.

Digital Breakdown

As marcas não estão apenas interessadas nas várias formas de publicidade do Facebook. Querem ver atividade crescente em suas páginas, conversas e o engajamento. A chave é influenciar os consumidores através de compartilhamento de conteúdo que geram interações (como e os comentários), e depois conseguir mais fãs.

4. O Blogging influência para si

Segundo a pesquisa, 86% são influenciadores. Destes, 88% blogam para si mesmos, a maioria dos formadores de opinião (59%) não produzem muito conteúdo fora dos blogs.

Blog influencia

Temos visto que a confiança é a moeda que determina a influência, e que os consumidores estão procurando “amigos digitais confiáveis” para conselhos sobre o que comprar e onde fazê-lo. É por isso que os blogueiros que oferecem este tipo de conselho são influentes porque os consumidores confiam neles.

Se você quer crescer a sua influência, a chave é se tornar uma fonte confiável de informação para o seu nicho. Oferecer conteúdo interessante e de valor, e através da amplificação social. As pessoas vão ouvi-lo e você vai se tornar um ponto de referência em sua área específica.

5. Influenciadores e marcas medindo o sucesso de maneiras diferentes

Quando se trata de medir o sucesso de uma campanha, influenciadores e marcas a veem de forma diferente. A marca viu o sucesso como uma das principais atividades no Facebook, Twitter e seus sites, enquanto os influenciadores exibem as métricas em seu blog ou site.

Social metrics

A razão pela qual o influenciador concentra tanto no blog é porque a sua prioridade é trazer a perspectiva de um site onde o “fator confiança” encontra a sua expressão máxima. Para eles, o sucesso é medido pelo número de pessoas que leem o seu conteúdo.

Você também pode atrair a confiança publicando conteúdo de alta qualidade em seu blog, e fornecendo chamadas à ação para sugerir às pessoas que comprem oportunidade.

6. Marcas e os influenciadores têm um ponto de vista diferente sobre o conceito de “influência”

As marcas estão sempre procurando as “pessoas certas” na mídia social. Acreditam que um influenciador eficaz é capaz de desencadear uma boca adaptada para aumentar a visibilidade da marca e guiar a ação do consumidor.

Pessoalmente, duvido que eu fosse comer uma barra de chocolate cada vez que eu sentir fome, só porque Aretha Franklin, Liza Minnelli fizeram uma propaganda.

[mom_video type=”youtube” id=”vW6ZXHWvaGc” width=”560″ height=”315″]
 

O problema é como definir a influência da marca. O relatório diz que as marcas usam Technorati, comScore ou Nielsen para identificar influenciadores, embora essas métricas não são representadas com precisão. E, entretanto, há em torno dos “reais” influenciadores ,pessoas a quem os consumidores confiam e contam com elas para o conselho, e criam uma avalanche de bom conteúdo em seus blogs.

Se você é um comerciante tentando entrar em contato com um influenciador, lembre-se que ter um monte de seguidores no social não lhe dá a influência, mas simplesmente público.

Os Influenciadores da pesquisa  têm laços estreitos com a sua comunidade, ou blogueiros que são relevantes para a marca, mesmo que eles não são universalmente populares.

Resumindo

Em suma, o relatório do Technorati mostra a ligação entre o blog e a comunidade, dentro do qual nasceu e se desenvolveu a influência.

Há um monte de coisas que você pode aprender com os melhores formadores de opinião, como o tipo de conteúdo a ser publicado, ou como o Blogstar pode ganhar dinheiro online. Portanto, uma leitura atenta do relatório é recomenda  para encontrar muitas outras ideias interessantes.

Ps: Pra quem acha que o Blog corporativo está morto, sugiro que você reveja a sua opinião sobre o assunto.

COMMENTS

WORDPRESS: 7
  • comment-avatar

    Novo artgo => Como os blogs influenciam o consumidor http://t.co/dK64zsWY0w

  • comment-avatar

    [Como] os blogs influenciam o consumidor http://t.co/JaX0VAE0LQ

  • comment-avatar

    @101startup tweets Novo artgo => Como os blogs influenciam o consumidor http://t.co/wudFNFpwuD

  • comment-avatar

    [Como] os blogs influenciam o consumidor http://t.co/o3NoPalLr9 via @101startup

  • comment-avatar

    [Como] os blogs influenciam o consumidor http://t.co/jxRNcCq3ke via @101startup

  • comment-avatar

    [Como] os blogs influenciam o consumidor – #marketingdigital http://t.co/ha74ZHLEaC

  • comment-avatar

    RT @101startup: [Como] os blogs influenciam o consumidor – #marketingdigital http://t.co/ha74ZHLEaC

  • DISQUS: