Blogs como ferramenta de Marketing Pessoal | JobCast 18

Blogs como ferramenta de Marketing Pessoal | JobCast 18

Na última quinta-feira, (28/07), ministrei um workshop, a convite do meu amigo Ralph, sobre um dos temas que talvez seja o principal responsável pel

Os 3 P´s do bom senso nas Rede Sociais
Por que as pessoas param de seguir a sua marca no Social?
Carta para Facebook: nós perdemos o controle

Na última quinta-feira, (28/07), ministrei um workshop, a convite do meu amigo Ralph, sobre um dos temas que talvez seja o principal responsável pela minha inserção no mercado e no mundo do empreendedorismo. Falei sobre a importância de se manter uma presença ativa na rede, usando Blogs como ferramenta de Marketing pessoal.

Alguns dos participantes foram na expectativa de que iriam participar de um workshop prático, sair dali com um blog pronto para compartilhar as ideias e compartilhar conteúdo. Outros, para aprimorar o conhecimento no assunto e aplicá-los em projetos já ativos.

Há quem já fora pra lá com fazer valer a palavra Marketing e apostou na ideia de que o workshop seria uma boa para que ele aprender como apresentar um  produto ou serviço usando Blogs como ferramenta de Marketing, com foco especialmente em geração de receita. E, obviamente, estudantes sedentos por conhecimento também fizeram parte da pequena, porém atenciosa turma.

Na narrativa acima, pode ser que você tenha visualizado uma turma repleta de alunos, daquelas que eu teria que levantar a cabeça pra poder enxergar a pessoa com dúvida, da última cadeira. No entanto, não. Foram apenas 8 alunos. Curiosos e atenciosos, que me deram a honra de compartilhar um pouco do conhecimento que eu venho estudando ao longo de alguns anos. Nesse momento, você deve estar se perguntando, caso ainda não tenha desistido do texto: pra que tanta enrolação, vamos logo pro tema, oras! Eu entrei aqui pra ler sobre Conteúdo em Blogs e Marketing Pessoal.

Pois bem, vamos ao que interessa. Se vamos falar sobre Gestão de Conteúdo em Blogs e Marketing Pessoal, eu não poderia deixar de criar uma narrativa interessante sobre a turma, já que o objetivo principal desse texto é fazer um resumo da metodologia apresentada no workshop, para os participantes e, claro, pra quem tem interesse no assunto.

blogs como ferramenta de marketing pessoal

A compreensão do seu conteúdo como contribuição para seu nicho

Ao escolher o nome, “O seu currículo não ale mais nada”, a ideia central foi mostrar para os participantes que o que eles tem de mais valioso não é o que eles acumulam nas linhas entre uma ou mais folhas do tradicional currículo, mas, sim, o que, e como, eles podem aplicar isso na rede, para que sejam vistos como referência no mercado de atuação ou em futuros projetos criativos. Por isso, a lição numero um que foi aplicada, foi: o seu conhecimento vale muito mais. E a melhor forma de provar isso é transmitir esse conhecimento pra sua rede, em forma de conteúdo.

blogs como ferramenta de marketing pessoal 2

A compreensão do seu blog como marca

Se a lição número um foi valorizar o que você sabe, e aplicar,  o caminho das pedras, agora é mais simples do que parece; você “só” vai precisar usar todos os recursos que esta ferramenta linda, chamadas blog, nos disponibiliza a favor de um posicionamento mais maduro e estratégico, buscando ser reconhecido.

Não vamos falar de ferramenta por aqui, vamos trabalhar alguns passos antes e, na minha opinião, de extrema importância quando o assunto é gestão de conteúdo para internet, usando blogs como principal ferramenta.

São passos obrigatórios? Não. Mas eu diria que são passos que vai expandir a sua mentalidade sobre o assunto e te diferenciar dos demais. Além, é claro, de trazer melhores resultados para os seus projetos de conteúdo.

O clichê é real: a internet não perdoa

Se vamos trabalhar com a ideia de uma metodologia com o objetivo de te fazer compreender o seu conteúdo, e a sua imagem pessoal, como marca , cuidado, pois a ferramenta que tem o poder de te transformar em autoridade no assunto é a mesma que pode “queimar o seu filme”. E muito mais rápido do que imaginamos.

Trate o seu canal de conteúdo com cuidado, com profissionalismo; a internet não perdoa e a maioria das pessoas, infelizmente, ainda tendem a dar maior atenção para os erros cometidos pelo próximo do que para valorizar um trabalho bem feito.

blogs como ferramenta de marketing pessoal 3

A metodologia: Mentalidade e Contexto

O início da viagem dos alunos começou por aqui, quando comecei a explicar melhor a importância de se trabalhar esses dois pontos antes mesmo de criar o blog na prática. No entanto, é esse um dos pontos cruciais que devemos ter em mente, antes de disponibilizarmos o nosso tempo para produzir conteúdo para a internet.

Se você simplesmente começa, ignorando o processo e entendimento inicial que vai te fazer enxergar melhor qual a sua proposta de valor, você corre o risco e assumir um piloto automático diário e pode vir a desanimar.

Você precisa entender que, se a sua ideia é contribuir com conteúdo de um determinado nicho profissional para a comunidade a qual você inserido, precisa se preocupar com o contexto. Precisa entender melhor como o seu conteúdo será consumido, e por quem será consumido.

Em resumo, tenha sempre em mente que você precisa trabalhar a sua mentalidade como produtor e conteúdo, inserido em um meio social de nicho. Se você tiver isso claro na sua mente, dificilmente produzirá ao fora de contexto e a comunidade agradecerá.

O ambiente digital é um só, o que muda é o meio de acesso e as possibilidades de entrega de conteúdo para sua audiência

O termo comunidade, aplicado perfeitamente pela extinta rede social orkut, será usado várias vezes neste conteúdo, pois, se estamos falando sobre redes sociais, precisamos entender que tudo que produzimos, estará sempre inserido entre pessoas e comunidades.

Vamos expandir a mente. O ambiente digital é um só e, redes socais, desde que o mundo é mundo, são feitas de pessoas, redes sociais e conexões entre comunidades.

O ambiente digital é um só, o que muda é meio de acesso e as possibilidades de entrega do conteúdo pra estabelecer a conversa entre leitor e produtor.  Entre a sua persona ideal e o valor da mensagem.

blogs como ferramenta de marketing pessoal 4

Defina uma persona condizente com o tom de voz da narrativa proposta  

Outro ponto explorado no workshop, e tão importante quanto aos demais, foi o tempo que precisamos dedicar na criação de personas. Pra ser mais exato, um ponto complementar.

Muito se ouve falar sobre personas, branding personas e Buyer Personas para marcas. No entanto, no  workshop, eu reforcei a importância de se investir um tempinho na  criação da persona com foco na sua narrativa, independente se você estará produzindo conteúdo para uma marca, ou se estará produzindo conteúdo para um projeto com foco no seu nicho de atuação profissional.

Ainda é comum algumas pessoas confundirem persona com público-alvo, então, de forma bastante resumida e fazendo uma analogia coma série Game of Thrones, eu apresentei no slide (imagem acima) a diferença entre ambos.

De maneira bem resumida, podemos dizer que a persona é o representante ideal do seu público-alvo. Já o público-alvo, o grupo de pessoas segmentadas por características demográficas. A grosso modo dizendo, você precisa de uma narrativa focada em envolver a persona para depois analisar os dados colhidos do seu público-alvo. Essa é umadefinição resumida, OK. O assunto é um universo à parte.

blogs como ferramenta de marketing pessoal 5

Persona, RPG e Marketing de Conteúdo

Não existe analogia mais pertinente para explicar sobre criação e personas, do que a comparação com o jogo RPG (Role-playing game), um jogo onde você precisa usar a criatividade e interpretar o seu personagem de maneira original e contextualizada.

Uma partida de RPG é composta por alguns elementos que, se trabalhados  forma criativa e estratégica, tornam o jogo muito mais divertido.

No RPG, noós temos o mestre do jogo, que é responsável por contar a história. Por apresentar a narrativa (Tom de Voz) da aventura. Temos os jogadores, nossas personas, e temos o contexto histórico do ambiente.

É exatamente essa a ideia que eu tentei trabalhar com os participantes do workshop. Você produz um conteúdo para uma persona específica, inserido em um ambiente social de nicho e com um objetivo. Se a sua narrativa não for envolvente, ou não condizente com o seu tom de voz, é bem provável que a pessoa abandone o seu conteúdo. Assim como no jogo de RPG, que o mestre precisa empolgar os jogadores para que eles se sinam inseridos no ambiente, você, como produtor de conteúdo, também vai precisar reter a atenção do leitor através de uma narrativa.

blogs como ferramenta de marketing pessoal 6

Objetivo e análise das principais métricas

E, como não poderia finalizar sem citar a minha frase favorita (imagem acima), ressaltei a importância de que nada adiantaria fazer todo o trabalho de mentalidade, e esquecer de definir o objetivo central da sua proposta de conteúdo. Afinal de contas, por mais que a produção de conteúdo em blogs, possa também ser um hobbie para alguns (como é o meu caso), quando você consegue visualizar e definir um objetivo claro na sua mente, e onde você quer chegar com toda a sua dedicação ao produzir um bom conteúdo, é que você entra pro jogo de verdade.

Além de ficar mais divertido, entender um pouco das principais métricas de performance do conteúdo seu blog, e de como defini-las,  também é muito importante.

Você não precisa ser nenhum expert em análise para identificar se o seu conteúdo está conseguindo estabelecer um diálogo relevante com o seu público. Mas entender o básico é essencial, pois só assim você vai conseguir compreender e interpretar melhor o que fazer, ou o que não fazer, e continuar produzindo, cada vez mais, um conteúdo certeiro, tanto para você se posicionar estrategicamente para a audiência que deseja buscar, quanto para contribuir com a comunidade, gerando valor e conhecimento na rede.

E, acredite, numa internet cada vez mais sem limites e “da zueira”, o conteúdo bem feito e planejado se destacará de forma inteligente.. A internet está aí para todos, os mais espertos sabem como usá-la a favor de coisas boas para vida, tanto profissional, quanto pessoal.

Se você leu até aqui, muito obrigado pela sua atenção. Disponibilizei a apresentação completa, aqui. 
Até o próximo post. 🙂

COMMENTS

WORDPRESS: 3
DISQUS: