AIDA: A formula mágica do marketing

AIDA: A formula mágica do marketing

AIDA. Uma das mais antigas fórmulas no mundo de direitos autorais (início do século passado).Alguns acreditam que está obsoleta. Eu não. É a pedra ang

Copywriting para startups: 5 dicas DIY
Como escrever artigos inteligentes e atrair mais visitantes
O verdadeiro significado da escrita criativa

AIDA. Uma das mais antigas fórmulas no mundo de direitos autorais (início do século passado).Alguns acreditam que está obsoleta. Eu não. É a pedra angular de todas as fórmulas que têm surgido, até hoje.

Não estou a exagerar quando digo que esta fórmula simples gerou bilhões de dólares em vendas. A coisa é seria.

Durante gerações, redatores, publicitários e profissionais de marketing em todo o mundo têm confiado nela. Agora você vai descobrir o que é e como você pode se beneficiar de seu uso.

A ideia é acelerar através dos estágios do AIDA para chegar à ação. Mantenha essa ideia em mente, com qualquer material de marketing que você criar. Um pouco de reflexão antes de gastar o seu dinheiro pode lhe trazer muito mais retorno sobre seu investimento.

O que é AIDA?

A missão de um anúncio é atrair o leitor, de modo que ele vai olhar para a propaganda e começar a lê-la e, depois, interessá-lo, de modo que ele vai continuar a lê-la e, depois, para convencê-lo, de modo que quando ele leu ele vai acreditar. Se um anúncio contém estas três qualidades de sucesso, é um anúncio de sucesso. (Elias St. Elmo Lewis)

A – Atenção: captar a atenção dos seus clientes potenciais.

I – Interesse: interesse despertado neles a partir da solução que você propõe.

D – Desejo: intensifica o desejo de ter a sua solução.

A – Ação: pedir-lhes para agir de uma determinada maneira.

aida

Si em qualquer conteúdo que você postar ou qualquer carta de vendas ou vídeo que chegue aos prospect por este processo os resultados são garantidos. Simples? Verdade? Mas não é fácil. A verdadeira chave está nos detalhes, em como fazê-los de forma eficaz e credível.

Vamos ver um por um em que esses elementos são especificados:

1. Captar sua atenção

Este é o passo-chave. Você deve capturar a atenção do visitante e que este queira continuar a ler (ou ouvir ou ver como o meio escolhido). Se isto falhar todo o resto será inútil.

Normalmente, para obter a atenção fazemos mediante a uma promessa ou alguma pergunta que está ligada com algum sofrimento/frustração / ou um desejo do nosso prospect. Estas são as primeiras linhas do texto a serem lidas. Ou, os primeiros segundos de seu vídeo ou áudio.

A chave para capturar a atenção é conhecer bem seus prospects. Descubra qual é o diálogo que está acontecendo em suas cabeças e saberá como chamar sua atenção. Que coisas os preocupam? Quais são seus objetivos? O que desejam acima de tudo?

Normalmente usamos os títulos e manchetes para chamar a atenção. Veja os 10 melhores blogs de mídias sociais no Brasil. Adicionar elementos que despertam curiosidadecontrovérsia ou algo do tipo, assim você terá uma fórmula vencedora para chamar a atenção de seus clientes potenciais.

Dica: Comece o texto abordando suas perspectivas e seja especifico na identificação de tais. Isso irá atrair potenciais clientes, nós só queremos que as pessoas se interessem por nossa oferta ou conteúdo.

2. Despertar seu interesse

Temos atraído a sua atenção. Agora queremos que você se interesse pelo o que temos a lhe oferecer.

Nos parágrafos seguintes, vamos criar o interesse simplesmente aprofundando essa promessa que eu fiz. Sabemos qual é seu problema e nós temos uma solução. Aqui começamos a introduzir a solução certa para ele ou ela.

Uma boa maneira de criar o interesse é destacando questões/frustração que você tem. Por exemplo, “Você quer continuar desperdiçando anos de sua vida (e dinheiro) em estratégias de aprendizagem para atrair clientes para o seu negócio que simplesmente não funcionam.” Então, o que você tem agora é uma mensagem que faz seu prospect tomar consciência do problema que enfrenta.

Existem muitas outras maneiras. Por exemplo, contando uma história que ilustra o sofrimento suportado por seu cliente e como o protagonista da história finalmente conseguiu o resultado que queria, graças a sua solução.

3. Gerar um desejo genuíno

O simples interesse não é suficiente para que alguém compre, leia ou faça qualquer outra coisa que você pedir em sua oferta/conteúdo. Isto requer que você esteja disposto a possuir o que você tem a oferecer: a solução para o seu problema.

Para criar esse desejo, podemos começar enumerando e testando os benefícios que estão associados com a promessa que nós usamos para chamar sua atenção. Nós também podemos relacionar o conteúdo das características do produto ou serviço com benefícios específicos que você terá.

Que transformação vai finalmente conseguir o prospect se aceitar a sua oferta? É uma mudança em sua vida que ele busca há tempos. Transformação é o último passo para gerar esse desejo no prospecto. Consiste em envolvê-lo (e que o imagine em sua cabeça) que a sua solução é passar de ponto A (frustração / problema) para o ponto B (situação desejada). Mas, acima de tudo, você precisa criar o desejo que sua oferta é irresistível. 

4. Solicitar ação, agora!

Depois de capturar a atenção do visitante, despertar o interesse nele o que você tem a oferecer e gerar um desejo genuíno de dizer o que você quer fazer em seguida.

Você tem que pedir ao perspect que atue na direção que você deseja. É decidir, que se converta em cliente contratando seus serviços, que compre o seu produto, que deixe sua informação de contato, etc, segundo o objetivo de sua oferta.

Algumas recomendações:

  • Adicionar no último momento um bônus (produto adicionado ou serviço) a sua oferta final.
  • Facilitar o processo de compra. Opções diferentes, com faixas de preço diferentes. Diferentes modos de pagamento (mensal e anual).
  • Citação de um impacto negativo, se você não comprar o produto agora.
  • Adicionar um elemento de urgência. Por exemplo, oferecer um desconto ou um bônus por um tempo limitado.
  • Mencionar que não há risco em comprá-lo se você não está satisfeito, vamos devolver o dinheiro.

E muito mais. Você tem várias opções para aumentar a “pressão”  sobre o prospect e o converter em cliente.

Credibilidade: o último ingrediente

Há um último item que você precisa adicionar à fórmula para torná-la realmente eficaz: a credibilidade.

A credibilidade é o elemento que faz tudo possível. Se seu prospect não acredita no que você prometeu, seus esforços nunca se materializam em venda. Seja realista e mostre que a sua promessa é verdadeira e que merece a sua confiança.

Use a fórmula AIDA como um guia para suas cartas de vendas, anúncios e, em última instância, por qualquer conteúdo em uma determinada ação que necessita do seu leitor (ouvinte ou telespectador).

Um exercício: analise as letras das vendas e outras promoções e veja se está em conformidade com as fases da fórmula. Esta é uma boa forma de aprender a usá-la.

Conhecia? Você já usou? Compartilhe sua experiência com a AIDA deixe o seu comentário.

COMMENTS

WORDPRESS: 4
  • comment-avatar

    RT @brunounix: AIDA: A formula mágica do marketing http://t.co/hmIjGdBflW via @101startup #startup

  • comment-avatar

    RT @brunounix: AIDA: A formula mágica do marketing http://t.co/hmIjGdBflW via @101startup #startup

  • comment-avatar

    AIDA: A formula mágica do marketing http://t.co/hmIjGdBflW via @101startup #startup

  • comment-avatar

    AIDA: A formula mágica do marketing http://t.co/hmIjGdBflW via @101startup #startup

  • DISQUS: 0